Manchas de celulite

Categoria: Arquivo Beleza
Rótulo:
Compartilhar:

Causas da casca de laranja

Ao ver dançarinas, modelos ou atrizes famosas com corpos perfeitos e sem nem um pingo de celulite em revistas ou na televisão, muitas mulheres sempre sentem um pouco de inveja delas. Por que a celulite parece afetar especialmente os corpos ligeiramente mais gordos e poupar aqueles que são mais esguios? E aqui encontramos um primeiro problema: apesar dos clichês, a celulite atinge mulheres de todas as idades, tanto magras quanto mais gordinhas, e não poupa nem mesmo os adolescentes. A celulite é uma doença que atinge cerca de 90% das mulheres, principalmente nos países ricos e industrializados, pois também é em parte consequência do sedentarismo e de uma alimentação desequilibrada. Do ponto de vista fisiológico, a celulite é causada pelo inchaço das células adiposas que começam a empurrar o colágeno e depois aparecem na pele como uma série de pequenas depressões e inchaços. Mas por que as mulheres têm celulite e os homens não? Por duas razões. Em primeiro lugar, o colagénio masculino tem uma estrutura mais robusta, pelo que os depósitos de gordura são melhor retidos e a típica casca de laranja não se forma no exterior. Em segundo lugar, a celulite também tem causas hormonais (estrogénios) que afectam a circulação sanguínea correcta e o armazenamento de gordura. Fatores hereditários e étnicos também influenciam o aparecimento e a extensão da celulite (os brancos caucasianos sofrem mais com ela), sem esquecer o estresse, os desequilíbrios hormonais, o tabagismo, os distúrbios circulatórios, a má alimentação e o consumo excessivo de álcool.

A importância de uma luta oportuna

Como se sua aparência não fosse suficientemente irritante, a celulite também tem um nome científico decididamente desagradável: paniculopatia fibrosclerótica edematosa do tecido adiposo. Do ponto de vista científico, existem quatro graus de celulite:

  • primeiro grau: não há sinais evidentes de casca de laranja, mas é possível que já exista comprometimento da circulação e do fluxo linfático;
  • segundo grau: a pele apresenta-se ligeiramente enrugada devido ao enfraquecimento dos tecidos;
  • terceiro grau: a clássica casca de laranja é visível, sendo possível sentir os nódulos típicos da celulite pressionando os tecidos externos;
  • quarto grau: os nódulos são grandes e bem definidos, e o aspecto da pele apresenta protuberâncias e depressões evidentes.

Quanto mais cedo você intervir nos tratamentos contra a celulite, adotando estilos de vida saudáveis, melhores serão os resultados que poderá alcançar. Portanto, as melhores estratégias são as oportunas, pois à medida que o tempo passa e os sintomas pioram, fica cada vez mais difícil erradicar essas manchas.

Como combater a celulite

A ansiedade cultural e, em alguns aspectos, também sociológica ligada à celulite, nada mais fez do que fazer proliferar a indústria cosmética, oferecendo todo tipo de tratamento possível e imaginável para se libertar dessas manchas. Nas gôndolas dos supermercados, nas farmácias e nas lojas especializadas é possível encontrar dezenas de produtos diferentes que prometem dar às nádegas, pernas, estômago e braços uma aparência de membros longos e livres de casca de laranja, mas sejamos sinceros: para cima até o momento, um verdadeiro “assassino” da celulite ainda não foi inventado. Apesar dos constantes testes de novos princípios ativos e métodos de alta tecnologia, como lasers ou ultrassons, os médicos ainda procuram o “Santo Graal” para a eliminação definitiva da celulite. Por exemplo, existem no mercado cremes, géis ou lamas para aplicar na pele contendo L-carnitina, cafeína, escina e outras substâncias capazes de estimular a metabolização das gorduras e a microcirculação, mas estes não são remédios verdadeiramente 100% eficazes porque o problema não está só aqui. A celulite, de facto, é combatida actuando no tecido conjuntivo e na circulação a nível local, bem como melhorando o estilo de vida.

Remédios: mesoterapia e ultrassom

Para remover depósitos de gordura localizados nos quadris, pernas, nádegas e estômago, estão disponíveis várias técnicas que se enquadram no campo da medicina estética. Entre eles encontramos a mesoterapia, que consiste na infiltração de substâncias ativas diretamente na mesoderme (camada de tecido conjuntivo localizada imediatamente abaixo da epiderme). Para essa terapia são utilizadas pequenas seringas equipadas com agulhas muito finas que transportam medicamentos capazes de dissolver as células de gordura, cujos resíduos serão eliminados do corpo. Embora a mesoterapia seja um tratamento invasivo que envolve a introdução no organismo de medicamentos que podem causar problemas de sensibilização e que tornam o uso da técnica desaconselhável na presença de patologias particulares, uma abordagem "mais suave" é a da estética da cavitação. Este tratamento é realizado em máquinas especiais que produzem ultrassons capazes de penetrar nos tecidos afetados pela celulite. A frequência particular destas radiações eletromagnéticas – seguras para a saúde – é capaz de explodir as células de gordura, removendo os acúmulos de gordura. Também neste caso os resíduos são drenados naturalmente do corpo, podendo estes tratamentos também ser realizados em casa, visto que existem equipamentos para cavitação estética DIY.

Adote uma dieta saudável

Apesar dos meios que a medicina estética moderna disponibiliza para combater a celulite, a primeira e mais eficaz estratégia é representada pela adoção de hábitos diários saudáveis ao nível da alimentação e do exercício físico. No que diz respeito à alimentação, é preferível privilegiar alimentos com baixo teor calórico, como frutas e vegetais da época, mas também legumes, cereais integrais, carnes brancas e peixes ricos em ómega-3. No entanto, devem ser evitados alimentos muito condimentados ou muito cozinhados (por exemplo, frituras), doces e enchidos, bem como alimentos que contenham quantidades excessivas de sal. Claro que de vez em quando há uma exceção à regra, mas é sempre bom observar um dia ‘purificador’ depois destas pequenas concessões. Também são muito úteis os alimentos que contêm grandes quantidades de vitamina C, capazes de proteger os vasos sanguíneos (frutos cítricos, kiwis, morangos, tomates, couve-flor, brócolis…). Nas lojas de ervas é possível adquirir suplementos ou chás de ervas contendo mirtilo, centela ou castanha da Índia, ideais para estimular a microcirculação. Mesmo o consumo regular de alimentos caracterizados por propriedades diuréticas é capaz de melhorar as manchas da celulite, por isso na alimentação deve-se sempre incluir erva-doce, alcachofra, chicória, abacaxi, e no verão melão e melancia. Devem ser evitadas bebidas carbonatadas ricas em açúcar; muito melhor, em vez disso, consumir (com moderação) variantes light ou água levemente gaseificada com algumas gotas de suco de fruta natural.

Exercício físico regular

Praticar atividade física diária saudável também pode contribuir muito para reduzir a casca de laranja e, além disso, é uma alternativa muito mais barata a cremes caros ou tratamentos de cirurgia estética. Para que o exercício físico seja bom para a celulite, ele deve ser praticado com esforço moderado e por muito tempo. é perfeitamente inútil correr dez minutos a toda velocidade sem respirar: ao fazê-lo, a celulite e os depósitos de gordura permanecerão onde estão. O “segredo” é, em vez disso, caminhar em ritmo acelerado, treinar no step ou andar de bicicleta (ou bicicleta ergométrica) por pelo menos 45-60 minutos, mantendo um bom ritmo. Isso significa ficar um pouco sem fôlego, mas sem problemas para continuar o exercício pelo tempo indicado. Para obter todos os benefícios da atividade física é preciso ter consistência e regularidade, além de treinar pelo menos três vezes por semana. Para tornar o treino menos repetitivo e chato você pode variá-lo, dedicando um dia à bicicleta ergométrica e outro à caminhada rápida; de vez em quando você também pode alternar exercícios com aparelhos cardiovasculares fornecidos em qualquer academia, como a bicicleta elíptica, que também treina a parte superior do corpo. De vez em quando pode ser integrado à natação ou no inverno à caminhada na neve e ao esqui cross-country.

Publicados: 2013-04-10De: Redazione

Você pode gostar

Navegando pelo seguro de motocicleta: um guia completo para cobertura, termos e escolha das melhores opções

Este artigo explora várias facetas do seguro de motocicleta, incluindo tipos de cobertura, características principais, diferenças geográficas de preços e documentos essenciais necessários. Ele também oferece uma comparação detalhada das ofertas do mercado para garantir que os passageiros escolham os melhores e mais econômicos planos de seguro.

2024-06-19Redazione

Navegando no complexo mundo do seguro automóvel: um guia completo

Este artigo explora os meandros do seguro automóvel, abrangendo vários tipos de opções de cobertura, garantias adicionais e a documentação necessária. Também oferece uma análise comparativa das melhores ofertas do mercado por região, ajudando os leitores a tomar decisões informadas e sem surpresas.

2024-06-19Redazione

Explorando a dinâmica do aluguel de motocicletas: opções, documentação e melhores ofertas

Este artigo investiga o mundo do aluguel de motocicletas, cobrindo várias durações e opções de aluguel, juntamente com documentação essencial e armadilhas comuns. Também compara negócios de mercado, enfatizando escolhas seguras e com boa relação custo-benefício em diferentes áreas geográficas.

2024-06-19Redazione

Os meandros do aluguel de automóveis: estratégias para cada necessidade

Este artigo explora o setor de aluguel de automóveis, detalhando diferentes opções de aluguel, como planos de aluguel de longo prazo, curto prazo e diários. Aborda desafios comuns, documentação necessária e oferece uma análise comparativa das ofertas de mercado para ajudar os consumidores a fazer escolhas de aluguer informadas e seguras.

2024-06-19Redazione